Kutná Hora – República Tcheca

(minhas fotos aqui)

Kutná Hora é uma cidadezinha perto de Praga, na República Tcheca, mais ou menos 1 hora de carro e é linda! Ela foi tombada como Patrômino da Humanidade pela UNESCO desde 1995, e com toda razão, é de tirar o fôlego. Fomos de carro até lá com uns amigos que moram lá (ele é tcheco e ela é brasileira).
Minas de prata Kutná Hora ficou conhecida pela mineração, em meados do século XIII, em que foi responsável por produzir 1/3 de toda a prata européia! Era, então, a cidade tcheca mais rica e significativa. No Hrádek (Pequeno Castelo), que faz parte da antiga fortificação urbana, encontra-se o Museu de Mineração. Fomos lá e fizemos o tour em uma das
minas de prata desativadas (vai clicando na setinha abaixo para ver as fotos do tour). Munidos com laterna, um jalecão pesado, um capacete hehe eles te levam a mina e no museu explicando como os mineiros trabalhavam e como faziam moedas. Muito bom o tour, o preço vale a pena, tem lugares que voce tem que andar curvado, outros de lado, alguns pontos molhados com água pingando. Foi uma surpresa boa porque nem saberíamos dessa mina se não fosse pelo nosso amigo. Entre um passeio e outro, você quer comer, claro hehe nem vou recomendar onde comemos porque praticamente todos os lugares que comemos na República Tcheca a gente adorou, a comida vem muita e muito gostosa (ai as sobremesas então… fala serio!), e com a coroa valendo menos que o dolar e o euro, você faz festa hehe

st Barbara
St. Barbara
Saindo da mina tem a catedral de St. Bárbara, padroeira dos mineiros e a riqueza de detalhes lá dentro é de impressionar qualquer um: vitrais gigantescos, de mais de 25 metros de altura e um altar incrivelmente decorado (nela vc tb paga para entrar). Mas te digo que eu achei todas as igrejas que fomos em Praga assim, sendo góticas ou não, os detalhes são tantos que você fica até meio tonto com tanta coisa pra olhar. A ponte que dá para a catedral é uma versão mais modesta que a original Ponte Carlos (Charles Bridge) de Praga e tão linda quanto. Achei q a cidade tem todo um ar gótico, uma beleza impressionante e sombria por causa das estátuas e igrejas, as ruas estreitas e o friozinho que fazia também contruibiram para a minha impressão da cidade.

ossuario de sedlec
Ossuário de Sedlec
Nosso motivo principal era ir ao Ossuário de Sedlec (Kostnice), ou a Igreja de Ossos como ela é conhecida. Quando você chega lá, por fora parece ser uma capelinha normal com um pequeno cemitério de fora. Lá dentro antes mesmo de você pagar para entrar, você já vê a decoração de ossos humanos. A igreja não é grande mas estima-se que contém mais de 40.000 ossos humanos. Sei que muita gente lendo isso, deve estar fazendo careta, mas digo que, sim, é macabro, tem cheiro ´diferente´ e tal mas é super super interessante! Quem quiser ler mais sobre a igreja e sobre outras igrejas cuja ´decoração´ é feita com ossos humanos clique aqui. E achei esse video no google para vocês matarem a curiosidade, para os que não conhecem:

9 thoughts on “Kutná Hora – República Tcheca

  • 12th November 2009 at 10:21 pm
    Permalink

    Gente! Que tuuuuuuudo essa igreja feita de ossos humanos – que medoooooooo. Ai … não sei se tenho coragem não … putz, mas a Rep. Tcheca deve ser lindíssima … ai meu dinheiro! Beijão!

    Reply
    • 16th November 2009 at 9:44 pm
      Permalink

      haha claro que teria! É super interessante e vc nem fica com medo nem lá e nem depois. A Rep. Tcheca é mt mt mt linda mesmo!

      Reply
  • 12th November 2009 at 11:54 pm
    Permalink

    Essa igreja dos ossos deve arrepiar o esqueleto todo. hahaha

    Bate uma vontade de sair viajando por aí também!

    até mais.

    Jota Cê

    Reply
    • 16th November 2009 at 9:47 pm
      Permalink

      hahaha mas vale a pena demais! Ah se não custasse tudo não caro para sair viajando por aí né? =/
      Beijão pra vc e pra Rê!

      Reply
  • 13th November 2009 at 2:04 pm
    Permalink

    muito bom ler teus posts. leitura fácil e que nos transporta. Gostei.
    Maurizio

    Reply
    • 17th November 2009 at 3:55 pm
      Permalink

      que bom que gostou 🙂 vou la’ conhecer o seu blog.
      Beijos!

      Reply
  • 15th November 2009 at 11:42 am
    Permalink

    Mana te entendo perfeitamente quanto ao entrar na Inglaterra com passaporte canadense. Eu só ponho o pé lá quando pegar o meu alemao!

    Eu já tinha ouvido falar dessa igreja… acho que teria pesadelos por meses seguidos com ela!

    Reply
    • 16th November 2009 at 9:51 pm
      Permalink

      mas não é? Lá é operação pente fino mesmo! Dos relatos que eu já ouvi de brasileiros passando pela imigração lá, fiquei chocada com a tranquilidade que foi qdo eu passei com o meu passaporte canadense, umas 3 perguntinhas de praxe na maior simpatia e pronto! Vc está na Alemanha né, estive aí em Setembro, vou falar disso, como aí é lindo!!

      Reply
  • Pingback:Retrospectiva 2009 « Tudo e Tal

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *