Delegados que deixaram a escrivã nua

Mas gente… no post retrasado eu estava toda orgulhosa do Brasil e tudo (apesar dos inúmeros problemas, claro), mas aí você vai ler notícias e se depara com a dos delegados (homens) que algemaram a escrivã para revistá-la e tiraram a calça e a calcinha dela , diante de câmeras e numa sala cheia, ela pedindo para ser revistada por mulheres e os ‘acima da lei’ a algemando, segurando no chão enquanto o outro tira a calça e a calcinha…. Revoltante é o mínimo para se dizer disso. Que vergonha das nossas autoridades! Ok, no final encontraram que a mulher era a culpada pois realmente tinha o dinheiro escondido, mas o erro dela NÃO justifica o erro deles. Algemar a mulher e esperar pelas policiais chegarem para revistar não é uma óbvia opção? Para os ‘otoridades‘ não…. por que já não a amarraram numa mesa e deram 1000 chibatadas nela ou a apedrejaram? Parece mais típico dessa nossa lei da idade da pedra e sem respeito com os seres humanos.
( E o pior é ainda ver os comentários do pessoal na página da folha concordando com a atitude dos policiais!! )

3 thoughts on “Delegados que deixaram a escrivã nua

  • 20th February 2011 at 9:32 pm
    Permalink

    uai, nem fiquei sabendo disso aqui ….abuso de autoridade tem todo dia nesse país … ai ai

    Reply
  • 24th February 2011 at 11:52 pm
    Permalink

    Era 2009, já faz três anos, quando ocorreu o fato
    Mais um abuso de poder de quem anda fardado
    Novamente a internet deu luz aos acontecimentos
    Um vídeo divulga a conduta de quatro elementos

    Delegados, grandes autoridades, vale a pena lembrar
    Suspeitaram de uma colega, escrivã, do mesmo lugar
    Que estaria beneficiando suspeito e cobrando propina
    Duzentos reais na mão e o réu escaparia da guilhotina

    Para confirmar o que se achava, precisava ser revistada
    Estudante de direito que era: “eles não podem fazer nada”
    Homens revistarem mulheres, não se deve, é ilegal
    Sim, realmente havia mulher, mas muito mais policial

    Algemada foi revistada à força, gritos em vão
    Nua da cintura pra baixo, vários homens no salão
    De fato o vídeo mostra dinheiro, prisão em flagrante
    Culpada ou não, nem importa: situação degradante

    Para a diretora da corregedoria, tudo normal, mesmice
    “agiram dentro do poder de polícia” convicta, ela disse
    Foi afastada do cargo corretamente: situação insustentável
    Descumprimento de quem cobra a lei. Aqui, bem provável

    http://noticiaemverso.com
    twitter: @noticiaemverso

    Reply
  • 25th February 2011 at 12:12 am
    Permalink

    Graças a Deus pela internet pra levar noticias como essa ao conhecimento de todos. Casos assim são abafados e nao importa a data que ocorreu, agora está a tona e o povo TEM que reagir! Esses ‘otoridades’ tem que ser punidos! Que absurdo!!

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *