Nápoles – Itália

Fotos aqui

(Naples, Napoli) A viagem de Roma até Nápoles (Napoli Centrale) custou 90 euros para nós 2 pelo Frecciarossa, saimos a noite e chegamos am Napoles bem tardão, foi só o tempo de chegar no hotel, tomar um banho e capotar hehe Chegando no terminal central de Nápoles a gente pegou o táxi até o nosso hotel (15 euros). Tivemos a infelicidade de ir durante a greve dos lixeiros, então em muitos cantos da cidade tinha sacos e sacos de lixo acumulados e um cheeeiro… mas isso, pelo menos para mim, não tirou a beleza da cidade e eu me apaixonei pela Itália ali mesmo. E uma coisa que você nota de cara é que o trânsito ali é uma loucura e que parece que não existe sinalização hehe Ficamos no Hotel Principe Napolit’amo e recomendo porque é pertinho do centro, na via toledo que é a rua das lojinhas, perto da agitação e, ao mesmo tempo, nada barulento e super perto da orla, o preço é bom, o serviço também, café da manha legalzinho. Quando a gente entrou eu achei que iria ser a maior roubada, você entra por uma porta de uns 5 metros, aí tem uma parte aberta e umas escadonas, tudo conservando as contruções bem antigas.
De manhã, depois do café fomos explorar a cidade, o hotel fica na rua onde tudo acontece e na rua paralela ao que, para mim, se assemelha as favelas do Rio mas na versão chic e guardadas as devidas proporções claro hehe Digo isso porque as pessoas penduram as roupas nas janelas para secar, as ruas são super estreitinhas, as construções umas em cima das outras, um aspecto sujo, as motos, bicicletas e carros tudo passando rápido e te tirando fino, não respeitam sinalização, mas as lojas e restaurantes que tem por ali são tudo coisa phyna! hehe é um contraste enorme! A gente andou pelas ruelas para conhecer, e depois voltamos para via Toledo e passamos pela galleria Umberto, que é linda, aberta em 1890 e como a de Milão, é aberta e você não paga nada para entrar e babar hehe de lá descemos até o Palazzo Reale que é em frente a Piazza Plebiscito. A gente foi no final de Junho e o sol já está de rachar as 10 da manhã… e como vindo do Canadá com esse verão fubeca que temos aqui em Newfoundland não levamos protetor solar e queimamos feio no primeiro dia heheh
De lá, andamos até o Castel Nuovo, que foi construido em 1282, nele você pode ir até o portão e olhar lá dentro, mas pra entrar tem que pagar. Depois andamos e vimos um ônibus desses city-tours, do City Sightseeing e resolvemos comprar o bilhete porque daria para ir para outros pontos turisticos de Nápoles que não estávamos contando. Esse bus é super legal porque tem as paradas e você pode descer andar para onde você quiser e depois ir para outro ponto (no mapa que eles te dão) e pegar o próximo bus que faz o mesmo trajeto. Esse de Nápoles custou 22 euros por pessoa e válido por 24 horas (em Florença era válido por 48 horas) e faz esse trajeto aqui Compensa demais! Nos domingos tem o tour pelo vulcão Vesúvio e como a gente tinha comprado o bilhete no sábado a tarde, fizemos o tour por Nápoles a tarde (que demora umas 2 horas) e no domingo fomos no vulcão, e tudo por 22 euros. O trajeto te leva por toda a orla, você vê a costa meditarrea toda, que é liiiindo!! Te leva no ponto mais alto de Nápoles e você ve a cidade toda e o vulcão ao fundo, entre outros pontos turísticos. Comemos em 2 lugares nesse dia e eu recomendo o Ristorante-Pizzeria Mattozzi que é na Piazza Caritá, 2 que é pertinho do hotel onde a gente ficou. A pizza é uma delícia (se bem que praticamente em qualquer lugar na Itália, a pizza é perfeição!) Recomendo com tooodas as forças vocês comprarem sorvete, gelato em qualquer sorveteria porque são divinos!!

Vocês podem ver mais fotos aqui
Próximo post: Vesúvio

2 thoughts on “Nápoles – Itália

  • 25th Sep 2011 at 11:07 pm
    Permalink

    Nossa … tudo é muito bonito lá …. e a pobreza aqui só vai ficar na vontade ..hehehe Beijão!

    Reply
  • 29th Sep 2011 at 10:27 pm
    Permalink

    Costa Amalfitana tá no nosso próximo roteiro para Europa Dindinha 🙂
    Amei este post e vou ficar esperando os outros 🙂
    Eu amo a Itália e acho que não conseguirei ir à Europa sem dar uma passadinha lá- rsrsrsr
    Bjokas

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *