Varadero – Cuba

Estou um pouco atrasada nos meus posts de viagem. Hoje quero falar de Cuba! Fomos para Varadero por 1 semana, num all inclusive (para quem não sabe, com esse tipo de pacote você come e bebe a vontade). O nosso plano era ficar no resort uns 3 dias, passar 1 dia na cidade conhecendo e ir para Havana e ficar lá 2 ou 3 dias. Foi o que fizemos. Fomos com a sunwing e chegamos em Havana; de lá pegamos o ônibus do hotel para Varadero. Se você reservar um hotel ou resort em Varadero, veja se eles oferecem o traslado do aeroporto até o hotel e agende. Se não oferecer, na área de desembarque você ir aos guichês de cooperativas de táxi autorizadas, pode alugar um carro, ou ir de táxi coletivo ou ir de ônibus pela Viazul , nesse caso, compre a passagem com antecedência.
Em Varadero, ficamos no resort ROC Arenas Doradas e adoramos! O layout do hotel é um charme, o restaurante é grande e sempre com muita gente, mas não tivemos que esperar por mesas em todas as vezes que fomos comer. A comida é variada para atender a todos os gostos. Tem 3 restaurantes sendo um na piscina. O resort é bem na praia. Você sai e já está na areia da praia de águas turquesas. Linda, linda! A gente adora praias assim que quase não tem gente e dá pra relaxar sem pessoas por perto passando ou conversando. Uma paz!!
Esse resort fica pertinho da parada de ônibus que fica na esquina. Uma dica para quem vai para esses resorts: apesar de ser maravilhoso ficar só na praia, tente sair para passear e conhecer o local e ajudar na economia local. Os preços de lembranças que você compra no resort, as vezes, é o dobro do que você pagaria na cidade e, na cidade, você ajudaria mais gente..
Um jeito maravilhoso de você conhecer a cidade é pegando o ônibus hop on/off por 5 CUC. O ticket vale o dia todo e você pode descer e subir quantas vezes quiser. A cidade de Varadero é pequena e dá para conhecer os pontos turísticos e mais populares dos nativos num dia.
A gente parou perto da praça Parque Josone (essa na foto), uma gracinha! Me lembra muito as pracinhas do Brasil de cidades do interior com o pessoal local passeando. Ao redor tem restaurantes e uma casa noturna. Caminhando pela rua principal, passamos pela igreja Santa Elvira e o Parque Central que tem uma vasta feira de artesenato com tanta coisa bacana! Depois passamos pelo mercado e shopping. Eu não achei os preços muito baratos (mas mais baratos que os do resort com certeza!). Varadero é uma cidade turística, entonces, como todas assim, o centro é mais caro e, em lojinhas mais afastadas, vai ficando mais barato. Vale lembrar, Cuba tem duas moedas, a nacional, o peso cubano e o CUC (peso conversível), a forte, comercial para os turistas. A CUC se equipara ao dólar americano. Poucas vezes, eu vi o peso cubano listado em alguma barraquinha ou loja. A gente trocou dinheiro no aeroporto de Cuba em Havana mesmo na casa de câmbio. Não foram muitos os lugares em Varadero que aceitam cartão de crédito, a maioria é no efetivo mesmo. O nosso cash acabou e trocamos no resort em Varadero mesmo, não recomendo porque você acaba perdendo dinheiro pela cotação baixa.

Eu super recomendo o passeio nos carros conversíveis antigos, típico de Cuba, mas em Havana os preços são mais em conta. Se você for para Havana, deixe para fazer lá! Depois de passar pelo mercado fomos conhecer a famosa La Casa de Al. Um pouco mais afastado e pegamos um táxi. É um restaurante famoso que supostamente foi a casa do Al Capone. Fomos lá para comer e, posso dizer que a melhor piña colada que tomei na vida foi lá! Que delícia! E você pode sentar na varanda e comer/beber apreciando a vista linda da praia ao fundo. Passamos o final da tarde lá e na volta pegamos o táxi e fomos conhecer o The Beatles, Barestaurant e gostamos muito. Boa música ao vivo, mesas dentro e fora e ótima vibe! No resort, todos os dias, tem apresentação de alguma coisa, música, teatro, grupo de dança, etc e, também, tem passeios durante o dia, alguns free e outros pagos a parte. Resolvemos ir ao passeio de barco para Cayo Blanco, uma praia maravilhosa e deserta. Tem só um restaurante para os turistas. Fomos, pelo passeio de barco, para ir conhecer uma praia deserta e, principalmente, porque na ida, tem a parada no Delfinário e você pode nadar com os golfinhos! Como eu mencionei, esse passeio é a parte e pagamos $50CUC cada, dura o dia todo e a comida na praia está incluída no preço. Super compensa! O resort oferece outros programas como o passeio na gruta, cueva de Ambrósio e o dia em Havana. Eu achei o preço do passeio em Havana pelo resort exorbitante, por isso fomos por conta. Vou falar a respeito em outro post! 🙂

E só uma notinha, você que fala espanhol super bem e chega em Cuba e tem dificuldade para entender o que eles falam, não fique desanimado! O “cubanês” é difícil até para quem tem o espanhol como língua materna, tanto pelo sotaque como pelas expressões super curiosas/interessantes.

2 thoughts on “Varadero – Cuba

  • 30th Nov 2018 at 8:51 pm
    Permalink

    Nossa, que gracinha de cidade! Eu não imaginava que aí era tão bonito. Vou colocar na minha wishlist de destinos das próximas viagens, com certeza! Obrigada pelas suuuuper dicas 🙂

    Reply
    • 2nd Dec 2018 at 2:35 am
      Permalink

      É uma gracinha! E o pessoal é super friendly e receptivo. Gostei demais!

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *