A Long way gone

Por falta de tempo, não postei sobre o último livro que li e AMEI, chama A long way gone (no Brasil Muito longe de casa), de Ishmael Beah, que conta a história da vida dele ainda adolescente na África durante a guerra civil de Serra Leoa. Ele perdeu a familia dele, viu morte, sangue, horrores para tudo quanto é cidade e comunidades que ele foi ao fugir dos rebeldes e acabou nas mãos do ‘exército’ trabalhando como criança-soldado durante alguns anos até ser resgatado pela UNICEF. É um livro muito chocante, ele é um ótimo narrador, conta os fatos bem crus mesmo tanto do que ele viu como do que ele fez, te dá uma visão bem clara do que é o inferno durante uma guerra e de como fica a cabeça das crianças/adolescentes que viveram esse tipo de experiência. Quem quiser ler mais aqui está o site oficial do livro em inglês, aqui em português e achei essa entrevista bem interessante com ele.

E eu o admiro muito pela coragem dele em relatar e confessar tudo o que ele fez principalmente durante o tempo que ele esteve com o exército. Eu trabalho com refugiados, escuto histórias horríveis – que te faz dar muito valor na sua vida- e muitas delas serveriam como um grande alerta para o mundo que parece fechar os olhos para muitos países, mas, infelizmente, eles nuncam falam abertamente por não terem estrutura… eu as escuto somente entre 4 paredes quando traduzo em consultas com psicólogos, psiquiatras, conselheiros, assistente social etc. Enfim, leiam o livro se tiverem oportunidade!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *