• Meu Insta

    Blazing sky 💜🔥#myottawa #ottawa #amazingsunset #blazingskies #novembersunset #nofilterneeded A little adventure before the freezing rain and snow 😕.aproveitar para passear antes do tempo ruim que está chegando. @parcomega #dramaticsoundtrack #parcomega #animals #deers #feedinganimals #quebecregion #montebello #omegapark #tb to this paradise with @angelr_sa #tbt Maldives vibes. #chaayareefellaidhoo #maldives #throwbacktuesday  #throwbacks #paradiseishere #boardingnow #ineedtogoback
  • Cada Passo = Flash

  • No Twitter

  • Lendo no momento


    *Livros didaticos: italiano, alemao, holandes, latim e arabe.


    Li esse ano:(mouse no icone)

    Total:

português

Dia super merdoso no trabalho e tudo mas acabei ganhando o dia já no finalzinho do expediente conversando com um refugiado recém chegado da Africa. Adoro qdo noto que eles querem falar sobre a vida deles antes de virem para cá, e como o ingles dele é bem broken ele estava tendo dificuldades para me contar então descobri que a lingua materna dele é o francês e o dialeto local, ótimo! Estávamos falando em francês e ele contando sobre os anos que ele passou no campo de refugiado, das coisas que ele viu, o que ele fazia, coisas que ele aprendeu, etc e tal e então comentou que fez amizade com uns angolanos e acabou aprendendo portugues. haha vcs tinham que ver a alegria dele qdo eu vou falei que eu era brasileira! Nem tanto pela nacionalidade (como mts deles que ficam doidos por causa do futebol) mas pq ele adora português, fiquei falando em português com ele e me deu um orgulho da nossa lingua Heart Beat

Anúncios

Reunificação familiar

No aeroporto, a mãe que veio como refugiada há 3 anos espera o marido que foi em Toronto buscar as duas filhas pequenas do casal que foram separadas deles quando eram quase bebes e viviam com a tia delas num campo de refugiado até ontem! Qdo ela os vê descendo a escada rolante, dá um grito – alto o bastante para 2 policiais irem correndo em direção a ela. Ela chorando, se ajoelha, beija o chão e começa a rezar alto para Allah… qdo as crianças finalmente chegam perto dela, o pai sussura no ouvido delas (creio eu dizendo ‘esta é a mãe de vocês’) e elas abraçam a mulher que ainda está ajoelhada… e ela abraça forte as duas meninas, chora alto e ainda grita e sorri e agradece ao deus dela. Todos em volta começam a chorar inclusive a assistente social e os três oficiais de imigração presentes e responsáveis pela organização desde a saida das crianças do campo de refugiado ao destino final. Todos lá, as 3 da manhã no aeroporto para presenciar essa cena emocionante; finalmente um fim para a história de luta deles e não poderia ser um final melhor!

Inglês

Acho sempre tão interessante como as pessoas aprendem a lingua do país. Estava reparando algumas das familias que chegaram aqui como refugiadas no meio do ano passado sem nada de inglês e hoje os pais entendem o básico muito básico mas os filhos pequenos já meio que servem como tradutores/intérprete para eles, não para a gente aqui na organização mas no cotidiano deles. Acho um pecado mas é o jeito deles de get by no dia a dia, muitos nem sabem escrever ou ler na própria lingua deles; outros chegam aqui nem querendo vir para cá, não que isso seja motivo para não aprender mas o fato é que não querem ou não conseguem ou se esforçam e as crianças por aprenderem naturalmente com bem mais facilidade, acaba sendo interprete deles… enfim, meu momento de reflexão do dia. Back to work now..

Mais gente

Hoje tivemos mais imigrantes chegando. Uma familia que viveu por 10 anos num campo de refugiados! Eu sinto tanto por familias assim, e eles chegam com um medo no olhar, eu sempre trato com muito carinho e respeito porque eles precisam aprender a confiar de novo nas pessoas, as histórias de vida deles são sempre tão tristes. Mas fico extremamente orgulhosa do Canadá que acolhe os refugiados e realmente dá assistência. Hoje trabalhei o dia todo e meu joelho só me incomodou no meio da tarde… vai ser bem flórida tabalhar nos dois empregos dias 20… :S mas c´est la vie I suppose…